O prefeito de Sertanópolis, no norte do Paraná, Tide Bauzanelo (PT), decidiu reduzir o próprio salário após os protestos