Terminaram na manhã da última  quinta-feira (8/8) as ações de limpeza e despiche na Praça 19 de Dezembro, no Centro de Curitiba. A Estátua da Justiça (mulher nua), havia sido alvo de vandalismo e sofreu pichações no final da semana passada.

As equipes promoveram a limpeza de todos os monumentos, incluindo o painel de granito executado em relevo por Erbo Stenzel e Humberto Cozzo, que representa os ciclos econômicos do Estado e, no lado oposto, o painel com desenhos de Poty Lazzarotto em azulejos coloridos.

A praça, marco do centenário de emancipação do Paraná, passou por uma grande ação de limpeza há cerca de dois anos, promovida pela equipe da Coordenação de Preservação e Conservação de Acervos da Fundação Cultural de Curitiba.

A limpeza foi feita com produtos próprios para não danificar os monumentos e aplicação de resina antipichação.

O logradouro ainda conta com um obelisco de concreto armado com 30 metros de altura com o símbolo do Estado; e a estátua do Homem Nu, que homenageia o trabalhador paranaense, de autoria de Stenzel e Cozzo