Por conta do caso de doping no Athletico, a diretoria do clube demitiu seis profissionais ligados diretamente ao ocorrido. Na última segunda-feira, conforme orientação do departamento jurídico do Furacão, os funcionários responsáveis por indicar que os atletas ingerissem higenamina foram desligados de suas atividades. Entre os demitidos, está o filho do presidente do Conselho Administrativo do Rubro-Negro, Luiz Sallim Emed.

Fonte: Tribuna do Paraná
Clique aqui para ler a matéria completa