Apesar de divulgarem que não iriam parar, parte dos motoristas e cobradores de ônibus que aderiram à greve geral desta sexta-feira, 14, impediram que ônibus deixassem as garagens. Com segundo as informações da prefeitura, cerca de 41% da frota foi afetada diversas estações-tubo ficaram sem cobradores desda as 5 horas da manhã até por voltas das 7h45. Ainda conforme informações da Urbs, a paralisação afetou mais os ônibus que fazem o trajeto norte-sul, atendidos por biarticulados. O eixo leste-oeste opera com 50% da frota.

Fonte: Bem Paraná
Clique aqui para ler a matéria completa