A quinta edição da feira de serviços Paraná Cidadão em 2019 aconteceu em Mandirituba com 7,6 mil atendimentos registrados. Cerca de 5 mil pessoas que passaram pelo evento, encerrado nesta sexta-feira (26), tiveram acesso a diversos serviços gratuitos disponibilizados em um único local.

A feira foi aberta na quarta (24) com ações exclusivas do Programa Criança e Adolescente Protegidos, uma parceria do Tribunal de Justiça e do Instituto de Identificação, para emissão da carteira de identidade e CPF para menores de idade, de 2 a 17 anos, e da carteira de trabalho para adolescentes de 14 a 17 anos.

O trabalhador autônomo Mauricio Surek aproveitou a oportunidade perto de casa e levou o filho Yuri Surek, de 6 anos, para fazer a primeira carteira de identidade. “Muito boa essa chance, pois todo o cidadão precisa de seu documento para poder sair, passear, trabalhar, para tudo. É muito mais seguro e prático do que ficar levando a certidão de nascimento para todo o lado”.

Na quinta e sexta-feira (25 e 26), o Paraná Cidadão ofertou à população em geral serviços como a emissão de documentos pessoais – carteira de identidade, do CPF e da carteira de trabalho – além da intermediação de vagas de emprego.

“Essa feira foi uma grande oportunidade para os moradores de Mandirituba que não tinham, ou que precisavam da segunda via da carteira de identidade, CPF e Carteira de Trabalho, documentos fundamentais para garantia da cidadania”, disse o da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), Ney Leprevost. O secretário acrescentou que o público também teve à disposição informações e programas nas áreas da saúde, educação, meio ambiente e trânsito, entre outras.

A estudante de psicologia Cilene Aparecida de Lima, casada há 15 anos, conseguiu regularizar a identidade com o novo sobrenome. “Consegui atualizar minha identidade de maneira rápida e de graça, o que é um recurso muito importante”.

“Essa foi a primeira ação de cidadania deste porte em nosso município. Foi um verdadeiro mutirão, oportunizando a toda nossa população o acesso a serviços essenciais e sociais de forma gratuita”, disse o prefeito de Mandirituba, Luiz Antônio Biscaia.

O evento foi promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, com a parceria da prefeitura de Mandirituba e voluntários.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná