“O grande desafio é pensar a região metropolitana de uma forma integrada e sustentável, principalmente, fazendo com que os municípios possam gerar emprego e renda por meio de projetos estruturantes. Como são os casos do transporte coletivo”

Assim , Gilson Santos, o novo presidente da COMEC, define sua meta a frente da entidade que comanda, pensa o futuro e o presente das cidades da Região Metropolitana de Curitiba.

O desafio é imenso, afinal, a própria RMC é imensa, para se ter uma ideia vai até a cidade de Rio Negro, divisa com Santa Catarina. Conhecida por sua atuação no transporte público, com integrações, preços de passagens e rotas de passageiros a COMEC é bem mais do que isso, obras como o PAC da Copa, que ainda não estão terminadas, por exemplo, estão sob sua tutela:

“Cuidado com relação ao uso do solo, desenvolver funções que sejam integradas, com o fim de atender ao cidadão da região metropolitana. Melhorar o fluxo de pessoas e mercadorias, integrar o cidadão aos serviços da capital e apresentar a RMC ao cidadão da capital e vice-versa. Nossa função é trazer protagonismo as cidades fazendo-as independentes e sustentáveis.” destaca o novo presidente.

Gilson Santos é comunicador formado em jornalismo e pós-graduado em Gestão Pública. Foi fundador do Jornal O Regional, o maior periódico da Região Suleste. Além disso, foi secretário executivo da Amsulep (Associação dos Municípios da Região Suleste), secretário de comunicação nas prefeituras da Lapa e Mandirituba e secretário de gabinete na Prefeitura de Curitiba.