Foto: Aniele Nascimento/Agência de Notícias Gazeta do Povo

Um balanço preliminar da Defesa Civil do Paraná aponta que 13 cidades do estado registraram danos causados pela chuva até as 11 horas desta terça-feira (23). Os municípios que estão tendo problemas decorrentes do temporal são Antonina, Araucária, Campina do Simão, Carambeí, Cascavel, Curitiba, General Carneiro, Guarapuava, Guaratuba, Pato Branco, Pinhais, Piraquara e Ponta Grossa. Segundo o órgão, entre segunda e a manhã desta terça-feira, o número de residências danificadas chega a 1.756 e foram afetadas 7.247 pessoas.

Segundo o capitão Enídio Angelotti, da Defesa Civil, casas foram atingidas por vento e granizo, mas as pessoas não precisaram ser retiradas. A situação é mais grave em Pinhais, onde o balanço preliminar aponta danos em 1.050 casas, que afetaram 4.050 pessoas.

Na cidade, desde as 19 horas de segunda-feira, quando a chuva começou, há procura por lonas. A população está sendo atendida em dois pontos: Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas) 21 de Abril e Cras Maria Antonieta. Nesses locais, assistentes sociais prestam atendimento e encaminhamento das famílias. Já a distribuição de lonas ocorre no Caic Maria Antonieta e Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves.

Em Curitiba, há informação de 300 residências afetadas nas regiões do Cajuru, do Boa Vista e do Boqueirão. A Defesa Civil está distribuindo lonas para a população.

No Litoral, Antonina registrou estragos em 50 casas, com 250 pessoas afetadas. Guaratuba teve menos problemas: são quatro residências e 20 pessoas afetadas. No Interior, a região dos Campos Gerais é a mais atingida. Em Campina do Simão, 50 residências tiveram danos. Ponta Grossa e Pato Branco oito residências em cada cidade foram afetadas. Já no Oeste, em Cascavel, foram 30 as pessoas atingidas. “A preocupação maior da Defesa Civil agora é a região nordeste do estado, entre Ponta Grossa e Londrina. Há previsão de mais chuva e nas próximas horas e é preciso ficar alerta”, diz o capitão Angelotti.

Sem luz
As fortes chuvas das últimas horas deixaram muitas pessoas no escuro. Em Curitiba, ainda há 1,3 mil unidades consumidoras sem energia, de acordo com a Copel. A companhia registrou, entre as 17h30 de segunda-feira e as 10h desta terça-feira, 130 mil unidades sem luz na capital, região metropolitana e litoral. As regiões mais afetadas pela queda de luz foram Araucária, Lapa e Fazenda Rio Grande.

Fonte: Gazeta do Povo