Num longo debate cercado de incertezas de funcionários e críticas de vereadores, a Câmara Municipal de Londrina aprovou em primeira discussão nessa quinta-feira (23) o PL 40/2019, na forma do Substitutivo número 1, que autoriza o Executivo a privatizar a Sercomtel. Foram 18 votos favoráveis e apenas um contrário: do vereador Tio Douglas (PTB). A matéria é vista com urgência pela administração Marcelo Belinati por conta do prazo de caducidade da empresa determinado pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), que é o dia 23 de julho.

Fonte: Folha de Londrina Clique aqui para ler a matéria completa