Pelo menos três novas empresas de compartilhamento de ciclos — que inclui bicicletas convencionais e elétricas, e patinetes elétricos — devem começar a operar em Curitiba nos próximos meses. Com isso, cinco startups (empresas de inovação emergente), que locam os modais via aplicativos de celular, já oficializaram serviços ou intenção de desembarcar na Capital. A concorrência já era prevista pela Yellow, primeira a instalar projeto piloto com aluguel de bicicletas e patinetes elétricos em área limitada. A pioneira até esconde números para não expor à concorrência, que promete ser cada vez mais acirrada.

Clique aqui para ler a matéria completa
Fonte: Bem Paraná