O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) deve ser preso, pela terceira vez, nesta manhã desta terça-feira, 19, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em Curitiba. A prisão é preventiva, ou seja, por tempo indeterminado. A suspeita contra Beto Richa é de corrupção.

Fonte: Bem Paraná
Clique aqui para ler a matéria completa