A região do Sítio Cercado terá quatro novos semáforos para melhorar a fluidez de trânsito e a travessia dos pedestres. Os equipamentos, que já começaram a ser instalados, ficarão no cruzamento das ruas Tijucas do Sul com Ourizona, Tijucas do Sul com Nova Aurora, Nova Aurora com São José dos Pinhais e Ourizona com David Tows.

“Semáforos de cruzamentos são implantados em vias com grande volume de tráfego, para alternar o direito de passagem dos vários fluxos de veículos e pedestres”, explica a superintendente de Trânsito, Rosangela Battistella.

As novidades fazem parte da implantação de um novo binário, composto pelas ruas Nova Aurora e Ourizona. Nas próximas semanas, elas passarão a ter sentido único de circulação pela extensão de aproximadamente 3 quilômetros, no trecho entre as ruas Pinhalão e Coronel Joaquim Antônio de Azevedo. A Rua Nova Aurora terá sentido Umbará e a Ourizona seguirá sentido Alto Boqueirão.

No trecho, continuam em operação dois outros semáforos já existentes, no cruzamento das ruas Ourizona e São José dos Pinhais e Ourizona e David Tows. Somados aos semáforos, serão mantidas as sete lombadas e cinco travessias elevadas já existentes no trecho. Haverá ainda revitalização de toda a sinalização viária, com intervenções em alguns trechos de calçadas. 

“Com a circulação dos veículos em apenas um sentido, a segurança viária é potencializada, pois durante a travessia os pedestres têm uma única direção para observar o fluxo, além da eliminação das conversões à esquerda e a organização nas manobras de estacionamento e acesso aos imóveis”, pontua a superintendente de Trânsito.

Limite de velocidade

A exemplo dos dois binários mais recentes implantados na cidade (Mateus Leme-Nilo Peçanha e João Alencar Guimarães-Major França Gomes), o limite de velocidade entre a Ourizona e a Nova Aurora será de 50 km/h. Nas proximidades de escolas e de lombadas, a velocidade máxima é de 30 km/h e nos arredores de grandes polos geradores de tráfego (como igrejas ou comércios), de 40 km/h.

“A redução no limite de velocidade de 60km/h para 50 km/h tem o objetivo de reduzir acidentes e segue análise do Projeto Vida no Trânsito, para minimizar os acidentes fatais nas vias públicas”, argumenta Battistella. 

Motoristas que trafegarem acima do limite de velocidade estipulado pelas placas de trânsito podem ser multados em ações de fiscalização com radar estático (equipamento com apoio de tripé).

Fonte: Prefeitura de Curitiba